Voltar

Que direitos para as pessoas idosas em tempos de pandemia?

img

“(…) Apenas tenho a agradecer o que a instituição e os seus funcionários e chefias têm feito para que a minha mãe tenha uma melhor qualidade de vida.

   Muito embora o esforço e dedicação da família, Santa Casa e médicos, os resultados apenas retardam os efeitos, infelizmente ainda não há cura.

  Como sabe, a mãe há cerca de 3 semanas teve mais uma queda aparatosa que felizmente não teve maiores consequências, o que me levou (filho) a recorrer ao serviço de urgência onde foi diagnosticada fratura da clavícula. Com o tratamento que tem sido feito há francas melhorias.

   Muito embora o esforço de todos nós, a mãe no momento está a ter atitudes desviantes, tais como:

   - Arruma malas e vestuário com vista a sair de casa;

   - Já tem dificuldade em identificar alguns familiares;

   - Identifica a sua própria casa como sendo o Centro de dia

   - Vive sozinha e com Alzheimer.

   Estas atitudes já foram reportadas aos clínicos que a acompanham, mas apenas fazem prescrever o que existe no mercado.

   No momento a mãe necessita de um acompanhamento mais de perto e permanente, que a sua família infelizmente tem dificuldade, em virtude de sermos todos ativos no trabalho, e ter um familiar em casa sozinha com Alzheimer é muito difícil…

   Daí em virtude de a mãe estar há muito inscrita nos lares Santa casa e o diagnóstico clínico é o descrito, solicita-se o internamento da mãe, conforme prescrito pelo clínico, conforme documento já entregue.

   Ciente como filho que estamos a atravessar um período complicado de pandemia, mas a mãe encontra-se num estado psicológico afetado!

   Grato pela compreensão” (Carta do familiar de uma utente de centro de dia, que aqui publicamos com a devida autorização do autor)

 

Os centros de dia do país receberam orientações governamentais para suspensão dos serviços a partir do passado dia 16 de março. A sua reabertura foi autorizada para todo o país a 15 de agosto, à exceção da área metropolitana de Lisboa, onde se verificava a situação de contingência devido à pandemia. A 15 de setembro todo o país entrou em contingência, desconhecendo-se quando será possível voltar a receber utentes em centro de dia, apesar de estarem implementadas todas as medidas indicadas pela DGS.


A SCMA domiciliou os serviços aos seus utentes, complementando com a área da ocupação e estimulação cognitiva o tradicional fornecimento de refeições e apoio na área da higiene pessoal e gestão habitacional. Ainda assim, o afastamento abrupto de rotinas, relação e participação na comunidade, e o forte isolamento social em que muitos utentes têm vivido ao longo destes quase sete meses de confinamento forçado, tem tido consequências dramáticas: A perda galopante de competências sociocognitivas e capacidades funcionais e motoras, o aumento de sintomatologia ansiosa e depressiva, para além da grande sobrecarga física e emocional de familiares que não têm capacidade de acompanhar de forma próxima as pessoas de quem cuidam, antecipando a institucionalização por ser a única saída.

 

É urgente implementar medidas que respeitem os direitos das pessoas idosas, aliando a prevenção da saúde física à promoção e preservação da saúde mental.

 

Sofia Valério 
Direção Técnica
Centro Social da Trafaria

Igreja da Misericórdia (horário)

A igreja está aberta ao público todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 15h00 às 17h00. Celebrações religiosas, todos os domingos às 17h00 Visitas guiadas todos os últimos sábados do...

Complexo “A Casinha” - Recrutamento de amas para o serviço de Creche Familiar da SCMA

A “Creche familiar” da “Santa Casa da Misericórdia de Almada”, sedeada no complexo social “A Casinha”, presta cuidados à primeira infância...

Tomada de posse dos Órgãos Sociais da Santa Casa da Misericórdia de Almada

A 4 de janeiro tomaram posse para novo mandato de 4 anos os órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia de Almada.  Na cerimónia...

COVID-19 Informação

Tendo em consideração a atual situação pandémica que o nosso país enfrenta por causa do virus COVID-19, a Santa Casa da Misericórdia de Almada informa os tabalhadores, utentes...

Espaço Santa Casa enche-se de produtos a pensar em si!

          Renovámos o nosso Espaço com artigos para todas as idades. Temos aquele presente especial para este Natal a um preço social. Pijamas,...

Abra as Portas à sua Ideia de Negócio!

Se procura um Espaço para criar o seu emprego…Candidate-se ao projeto Atividades Económicas Autónomas …e Abra as Portas à sua Ideia de Negócio!